QUALITY BY DESIGN (QBD) COMO FERRAMENTA PARA OTIMIZAÇÃO DOS PROCESSOS FARMACÊUTICOS

Mariana Palmeira Bezerra, Leticia Norma Carpentieri Rodrigues

Resumo


O setor farmacêutico está em constante evolução. A harmonização de normas de produção, com o intuído de garantir eficácia, segurança e qualidade dos medicamentos, consiste em um dos maiores desafios. O conceito “qualidade baseada no projeto” (Quality by design, QbD) propõe uma abordagem sistemática, fundamentada no conhecimento científico e no gerenciamento do risco associado ao processo de fabricação. Nesta abordagem, qualidade é inversamente proporcional a variabilidade. A implementação do conceito de QbD constitui uma ferramenta promissora para a produção farmacêutica pois permite a produção de medicamentos por meio da previsão de riscos, ampliando a possibilidade de gerar produtos com eficácia, segurança e qualidade assegurados, aliado a redução de custos. A implementação deste conceito exige não somente novas tecnologias, mas a mudança no conceito de qualidade.

Palavras-chave


processos farmacêuticos; qualidade baseada no projeto; técnicas analíticas de processo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v29.e1.a2017.pp5-12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Mariana Palmeira Bezerra, Leticia Norma Carpentieri Rodrigues

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: