CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO DE MEDICAMENTOS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO DISTRITO SANITÁRIO NORDESTE DE BELO HORIZONTE, BRASIL

Kátia Reis Dutra, Ursula Carolina de Morais Martins, Marina Guimarães Lima

Resumo


O armazenamento correto tem por finalidade o fornecimento de medicamentos com parâmetros adequados de qualidade e na quantidade e tempo oportunos para a população. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar as condições de armazenamento de medicamentos no almoxarifado e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Distrito Sanitário Nordeste de Belo Horizonte. O estudo foi descritivo e quantitativo, realizado no almoxarifado e em 20 UBS. A coleta de dados foi por meio de observação direta, utilizando indicadores propostos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de alcance de requisitos de condições adequadas de armazenamento foi em média de
76,7% por farmácia de UBS e de 83,3% para o almoxarifado. Não foram encontrados medicamentos vencidos. Os itens com pior avaliação foram relativos à estrutura física das unidades e os melhor avaliados se referiram ao processo de trabalho. São recomendadas medidas para que a qualidade dos medicamentos seja preservada e que seu uso racional contribua para a saúde da população, como aumento de investimentos para a estruturação da área física de estocagem dos produtos farmacêuticos.


Palavras-chave


Assistência Farmacêutica; Atenção Primária à Saúde, Armazenamento de Medicamentos

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de

Saúde. Resolução nº 388, de 06 de maio de 2004. Aprova

a Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Diário

Oficial da União, nº 96, 20 de maio de 2004. Seção 1. p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de

Saúde. Departamento de Atenção Básica. Gerência Técnica

de Assistência Farmacêutica. Assistência Farmacêutica:

instruções técnicas para a sua organização. Brasília:

Ministério da Saúde; 2001. 114p.

BRASILConselho Nacional de Secretários de Saúde. Assistência

Farmacêutica no SUS. Brasília: Conselho Nacional

de Secretários de Saúde; 2011. 186p.

WHO. Operational package for assessing, monitoring

and evaluating country pharmaceutical situations. Guide

for coordinators and data collectors. Geneva: World

Health Organization; 2007. 147p.

Colombo D, Santa Helena ET, Agostinho ACMG, Didjurgeit

JSMA. Padrão de Prescrição de Medicamentos

nas Unidades de Programa de Saúde da Família de

Blumenau. Rev Bras Cienc Farm 2004; 40(4): 549-558.

DOI: 10.1590/S1516-93322004000400012.

Silva Júnior EB, Nunes LMN. Avaliação da Assistência

Farmacêutica na atenção primária no município de Petrolina

(PE). ABCS Health Sci 2012; 37(2):65-69.

Mendes SS, Santos J, Groia RCS, Braga DS, Sorrentino

F, Silva FMB, Gajo MM, Gonçalves MA, Camargos

RC, Rebuitti RB et al. Contribuições para a assistência farmacêutica: relato de uma experiência no Programa

PET-Saúde. Rev Med Minas Gerais 2014; 24 (Supl 1):

S19-S24. DOI:10.5935/2238-3182.2014S002.

SMS-BH. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte.

Plano Municipal de Saúde 2014-2017. 2014.

[acesso em 2018 fev 07]. Disponível em: http://portalpbh.

pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&

pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=cms〈=

pt_br&pg=7122&tax=33972.

Bernardi CLB, Bieberbach EW, Thomé HI. Avaliação

da Assistência Farmacêutica Básica nos Municípios de

Abrangência da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde do

Rio Grande do Sul. Saude Soc. 2006; 15(1):73-83. DOI:

1590/S0104-12902006000100008.

Emmerick IC, Luiza VL, Pepe VL. Pharmaceutical

services evaluation in Brazil: broadening the results of

a WHO methodology. Cien Saude Colet. 2009; 14(4):

-1306. DOI: 10.1590/S1413-81232009000400036.

Oliveira MA, Esther AFSC, Santos EM, Consendey MAE,

Luiza VL, Bermudez JAZ. Avaliação da Assistência Farmacêutica

pessoas vivendo com HIV-AIDS no município

do Rio de Janeiro. Cad Saude Publica. 2002; 18(5):

-1439. DOI: 10.1590/S0102-311X2002000500036.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Nacional de

Vigilância Sanitária. Portaria nº 344, de 12 de maio de

Aprova regulamento Técnico sobre substâncias e

medicamentos sujeitos a controle especial. Diário Oficial

da União, nº 93, 19 de maio de 1998. Seção 1.p.34-49.




DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v30.e2.a2018.pp130-133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Kátia Reis Dutra, Ursula Carolina de Morais Martins, Marina Guimarães Lima

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: