A DEFICIÊNCIA DE TIAMINA E NIACINA COMO FATOR DE RISCO PARA DE DOENÇAS NEUROLÓGICAS

Nayrene Amorin Carvalho Oliveira, Laryssa Alves Magalhães, Maria Rosimar Teixeira Matos, Gislei Frota Aragão, Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur

Resumo


Niacina e tiamina, vitaminas obtidas por meio da dieta, são precursoras de coenzimas do metabolismo intermediário. O objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão da literatura a respeito dessas vitaminas no metabolismo oxidativo e suas implicações em doenças neurológicas. A metodologia consistiu na realização de uma busca bibliográfica nas bases de dados Medline e Science Direct, utilizando os descritores “oxidative stress”, deficiency, “basal metabolism”, “nervous system”, “thiamine” e “niacin”. Ao final, foram destacados dez artigos para a produção da revisão. Os estudos demonstraram que a deficiência das vitaminas niacina e tiamina pode causar disfunções no sistema nervoso central devido a falhas no metabolismo oxidativo.


Palavras-chave


estresse oxidativo; tiamina; niacina; sistema nervoso central

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v31.e2.a2019.pp80-85

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Tatiana Paschoalette Rodrigues Bachur, Nayrene Amorin Carvalho Oliveira, Laryssa Alves Magalhães, Maria Rosimar Teixeira Matos, Gislei Frota Aragão

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: