ATENÇÃO FARMACÊUTICA A PACIENTES COM GASTRITE HELICOBACTER PYLORI POSITIVO

Leila Bastos Leal da Silva, Talita Mota Gonçalves, Juliana de Souza Alencar, Paula Soares Nunes, Ana Carolina de Albuquerque Vasconcellos, Davi Pereira de Santana

Resumo


Helicobacter pylori (H.pylori), um bastonete Gram negativo, adquiriu grande importância, nas duas últimas décadas, depois de ser reconhecido como um importante patógeno que infecta cerca da metade da população mundial. A infecção gástrica pelo H. pylori é, hoje, considerada a segunda infecção mais prevalente do homem, estando intimamente associada a um diverso espectro de desordens clínicas gastrintestinais, sendo este microrganismo o principal agente etiológico demais de 95% das gastrites crônicas e úlceras duodenais, incluindo úlcera péptica, câncer gástrico e linfoma gástrico do tipo MALT(Mucosa Associated Lynphoid Tissue). O principal reservatório deste patógeno é o estômago humano, e a transmissão, provavelmente, ocorre de pessoa a pessoa. Neste sentido, o H. pylori tem sido diagnosticado na saliva e até nas fezes. A prevalência do H. pylori varia com a origem étnica, idade, localização geográfica e condições sócio econômicas, sendo mais alta, em países em desenvolvimento, onde é tanto mais freqüente, quanto mais inadequadas as condições de higiene e saúde da população, sendo esse fator o principal marcador da presença da infecção por este agente microbiano.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: