A MICROENCAPSULAÇÃO NA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA

Elis Cristine de Souza Sobrinho, Melina Campagnaro Farias

Resumo


A microencapsulação é definida como a tecnologia de empacotamento de partículas sólidas, líquidas ou gasosa sem microcápsulas seladas e diminutas onde seus índices são liberados em taxas controladas sob a influência de determinados estímulos (POTHAKAMURY & BARBOSA‑CÁOVAS,1995). Ingredientes funcionais como, vitaminas, antimicrobianos, antioxidantes, corantes e conservantes, são componentes essenciais de uma larga escala de produtos industrializados, incluindo fármacos, cosméticos e alimentos. Um grande desafio para as indústrias tem sido manter a estabilidades desses ingredientes nas condições desejadas, e assim transformá‑los em substâncias mais estáveis melhorando sua rentabilidade e controlando sua liberação. Com isso a microencapsulção pode ser uma tecnologia com grande potencial nesse sentido, carreando o ingrediente ativo ao local desejado de ação, controlando sua liberação e protegendo‑o da degradação química ou biológica durante o seu processamento, armazenamento e/ou utilização(WEISS et al. 2006).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: