USO POPULAR DE PLANTAS MEDICINAIS PELAS COMUNIDADES DE TRÊS LAGOAS/MS, PORTO VELHO/RO E RIO VERDE/GO

Sandra Maria Eugênia PINTO, Leonice Manrique Faustino TRESVENZOL, Rosangela Romano Lopes JOHN, Euclenia Oliveira ALVES, José Realino de PAULA, Tatiana de Sousa FIUZA

Resumo


Este trabalho teve como objetivos conhecer o perfil sociocultural dos usuários e verificar o conhecimento sobre plantas medicinais de pessoas atendidas em programas assistenciais nas cidades de TrêsLagoas/MS, Rio Verde/GO e Porto Velho/RO. As informações foram obtidas através de entrevistas orientadas por um questionário; as cinco plantas mais citadas foram selecionadas para levantamento bibliográfico. Foram entrevistadas 67 pessoas, a maioria (88%) do sexo feminino e idade entre 35 a 64 anos. Quanto ao grau de instrução, 89,5% afirmaram serem alfabetizados; 73,1% relataram terem vindo da zona rural, enquanto 26,9% sempre residiram no perímetro urbano. Sobre as plantas medicinais, 92% afirmaram terem acesso a essas plantas desde crianças e que o conhecimento foi adquirido no convívio familiar. Nas três cidades pesquisadas, as plantas medicinais são utilizadas para vários  problemas de saúde, que podem ir de uma gripe ou resfriado a doenças mais graves como o diabetes, a hipertensão arterial e as doenças reumáticas. As folhas foram a parte das plantas mais utilizadas (58,8%) e o chá(infusão) a forma de preparo mais empregada(83,6%). Os motivos alegados para o uso de plantas medicinais foram os bons resultados, a facilidade de obtenção e o baixo custo. Foram citadas 106 plantas pelos nomes populares e as cinco mais citadas foram: boldo nacional (Plectranthus barbatus), boldo de Goiás(Vernonia condensata), erva-cidreira (Lippia alba),hortelã (Mentha sp) e arruda (Ruta graveolens).Verificou-se que essas cinco plantas já apresentam estudos científicos.

Palavras-chave


plantas medicinais; etnobotânica; uso popular; etnofarmacologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v25.e2.a2013.pp76-87

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: