MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DA ADESÃO FARMACOTERAPÊUTICA ADOTADOS NO BRASIL

Silvana Cristina Trauthman, Marcela Ferro Biudes Ferro Biudes Biudes, Alexandra Ferro de Mello, Fernanda Santana Rosa, Carla Antunes Peters, Dayani Galato

Resumo


Um dos maiores desafios para a promoção do uso racional de medicamentos é a promoção da adesão e, portanto, há a necessidade de avaliação deste comportamento. Com o objetivo de identificar os métodos utilizados para medir a adesão terapêutica no Brasil, foi realizada uma revisão bibliográfica narrativa. Pesquisou-se nas bases SCIELO, MEDLINE e BVS adotando-se os descritores: adesão ao tratamento, adesão à medicação, medicamento, Brasil e psicometria e suas respectivas traduções em inglês e espanhol. Foram localizados 542 trabalhos, excluídos os repetidos, aqueles que não avaliavam a adesão e os artigos de revisão, foram selecionados 67 trabalhos. A investigação da adesão ganhou destaque no país, principalmente, a partir do ano 2000. As doenças mais investigadas foram a Aids e tuberculose. O tipo de estudo mais adotado foi o transversal, geralmente investigando pacientes adultos. Foram encontradas 16 diferentes métodos de medida, dos quais os mais frequentes foram os instrumentos de medida de adesão e os inquéritos sobre a administração de medicamento em um determinado período. Estes resultados apontam que o estudo da adesão terapêutica no Brasil é recente, sendo verificada a utilização, principalmente nas doenças infecciosas e através de técnicas indiretas de medida. É observada a falta de padronização na avaliação da adesão considerando as especificidades terapêuticas demandadas pelas diferentes doenças.

Palavras-chave


adesão ao tratamento farmacológico; adesão à medicação; medicamento; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v26.e1.a2014.pp11-26

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: