A INSERÇÃO DO FARMACÊUTICO NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA. ANÁLISE À LUZ DA PROMOÇÃO DA SAÚDE

Sérgio Saraiva Nazareno dos Anjos, Francine Pinto de Azevedo Oliveira

Resumo


O ato de se promover a saúde possui diversas interpretações.Uma delas é citada por Sícole & Nascimento(2003), que afirmam que o médico canadense Henry Sigerist,em 1945, usou o termo “promoção da saúde” comouma das quatro tarefas essenciais da Medicina: a promoçãode saúde, a prevenção de doenças, o tratamento dosdoentes e a reabilitação. Assim, a promoção da saúde temrelação direta com a prevenção primária de patologias(CZERESNIA & FREITAS, 2003), a ser desenvolvida no períodode pré-patogênese e que conta medidas destinadasa desenvolver saúde através da proteção específica do homemcontra agentes patológicos ou pelo estabelecimentode barreiras contra os agentes do meio ambiente e comenfoque centrado no indivíduo e com uma projeção para afamília ou comunidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: