A MALÁRIA DE MATA ATLÂNTICA NO BRASIL

Wanir José Barroso

Resumo


As Principais áreas maláricas dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e outros do Sul do País estão, hoje, praticamente restritas às suas regiões de Mata Atlântica, onde ainda ocorrem casos autóctones de malária por Plasmodium vivax. Outra área receptiva para transmissão de malária na região Sudeste, além da Mata Atlântica, no litoral, está o Vale do Rio Paraná, no interior.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

Indexadores: