ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DOS EXAMES DE ADA REALIZADOS , NO ESTADO DO CEARÁ, NO PERÍODO DE JANEIRO DE 2005 A SETEMBRO DE 2009

Ítalo José Mesquita Cavalcante, Nylane Maria Nunes de Alencar, Marcus Raimundo Vale

Resumo


A adenosina é um nucleosídeo purínico que agecomo sinal extracelular mediando um grande número derespostas via interação com seus receptores de membrana,atuando em receptores acoplados à proteína G (GPCR)(RODEN, 2005; RODWELL, 1998).A adenosina é um importante agente antiinflamatório,devido sua potente ação supressora em, virtualmente,todas as células do sistema imunológico (HASKO &CRONSTEIN, 2004). Bloqueia, por exemplo, a adesão deneutrófilos (CRONSTEIN et al, 1986), maturação e quimiotaxiade monócitos (FISCHER et al, 1976), produçãode íons superóxido pelos neutrófilos (CRONSTEIN et al,1985), citotoxicidade das células “killers” e “natural killers”(GREVER et al, 1982), liberação de citocinas (BOUMAet al, 1996), inibição da síntese de LTB4 (KRUMP et al,1996), a liberação de histamina pelos basófilos (MARONEet al, 1979), dentre outras ações já descritas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: