MICROEMULSÕES II: APLICAÇÕES COMO SISTEMA DE LIBERAÇÃO DE FÁRMACOS

Anselmo Gomes De Oliveira, Maria Virgínia Scarpa, Luciane Flávia Rodrigues Cera

Resumo


Embora o sistema já tenha sido definido na parte I deste trabalho, convém lembrar que as microemulsões (ME) são sistemas transparentes, termodinamicamente estáveis, contendo óleo e água, estabilizados por compostos tensoativos usualmente associados a um co-tensoativo, o qual pode ser um álcool de cadeia curta ou média, amina ou outra molécula anfifílica apropriada (1). O trabalho anterior abordou os parâmetros da fundamentação teórica na formação do sistema micoemulsionado, incluindo alguns aspectos práticos e a caracterização do sistema baseado em diagramas de fase (2). 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Infarma - Ciências Farmacêuticas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Conselho Federal de Farmácia - CFF

SHIS QI 15 Lote "L" - Lago Sul - Brasília - DF

CEP: 71635-615 - Fone: (61)3878-8751

e-mail:infarma@cff.org.br

Infarma-Ciências Farmacêuticas

ISSN - 2318-9312 (Versão eletrônica)

ISSN - 0104-0219 (Versão impressa)

 

Indexadores: